string(24) "/case-studies/regojo.php"

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

O Grupo Regojo
Há 81 anos atrás o fundador deste grupo, José Regojo, arrancou com uma produção e confecção têxtil que iria ganhar reputação nacional e além fronteiras. A primeira actividade foi a bem sucedida linha de camisas tendo a marca Regojo conquistado logo lugar nas preferências dos portugueses.


É na Lisboa de 1919 que José Regojo vai edificar a sua primeira fábrica na Rua da Madalena que depois se iria transferir para a Rua José António Serrano, actualmente a sede social do grupo, que tem vindo a crescer ao longo das décadas e que hoje está entre os mais importantes do nosso país.


Mantendo o cariz industrial, representando 20% da sua actividade, o grupo compreendeu a evolução da economia à escala mundial e alargou a sua esfera de actividade para a área comercial, que hoje representa 80% dos seuss interesses.


Em termos de expansão há outros marcos históricos a registar, nomeadamente a abertura de um pronto-a-vestir para senhora, a Dali, em 1972; a representação e conseguinte edificação da fábrica Pierre Cardin, na Rua do Desterro, em 1980, e a representação da Massimo Dutti, em 1991. Um conjunto de factores que contribuíram de forma decisiva, permitindo o alargamento dos nossos horizontes como instituição.


Actualmente o grupo detém um leque diversificado de marcas que o coloca nos primeiros três lugares em termos de quota de mercado nacional no sector do vestuário. O volume de facturação atingiu em 2001 os 10 milhões de contos, repartido entre diversas marcas: Dali, Elena Miró, Massimo Dutti, Peter Hadley, Pierre Cardin e Wesley.


Consolidado como grupo entrou no Século XXI atento às constantes mudanças na economia mundial, aos efeitos da globalização e às inovações tecnológicas que despontam nos mercados. Com uma forte postura ética e empresarial estamos a contribuir de forma decisiva para a valorização humana e profissional dos nossos quadros. O objectivo do Grupo Regojo é crescer de uma forma sustentada e encarar com confiança os desafios do futuro.


As necessidades


A expansão da rede de lojas, a diversidade de marcas e heterogeneidade dos procedimentos e políticas comerciais, a crescente complexidade do negócio, o desejo de gerir eficazmente os seus clientes, a automatização dos processos de recepção e distribuição de mercadorias, a integração automática com os sistemas dos fornecedores e com o sistema contabilístico do grupo e a manutenção de uma estrutura ágil e ligeira, levaram o Grupo Regojo a procurar uma solução que oferecesse resposta cabal a estas necessidades e um parceiro que pudesse prestar apoio técnico especializado, efectuado por técnicos com know how da problemática do retalho têxtil.


A solução


Sismoda, solução integrada de gestão para empresas de distribuição têxtil, assenta em três eixos principais: operacionalidade (sistemas desenhados à medida do perfil dos utilizadores típicos deste mercado), automatismo (exportação de artigos e guias de remessa para as lojas, gestão de stocks, tratamento de clientes, contabilização, etc.) e riqueza funcional (permitindo a gestão central do negócio e distribuída dos pontos de venda, quer estes sejam próprios ou franchisados, com compra firme ou consignação).


Sismoda é constituído por dois pacotes de software distintos: Back-office e Retail Manager (front-office).

Para subscrever a nossa newsletter selecione as seguintes categorias:
         
        
         
Por favor insira o seu nome e email no seguinte formulário:
         
Nome   Email    
   
 
         

 

Obrigado, a sua inscrição foi registada com sucesso.
Last News
Portal das Escolas é parceria entre o Ministério da Educação e a Impresa, com tecnologia CPI

2010-02-05

O Portal das Escolas é uma nova plataforma digital de referência das escolas em Portugal, em que professores, alunos, pais e encarregados de educação podem encontrar os principais serviços em linha relacionados com a vida nas escolas.


Abertas as candidaturas para a 5ª fase do Modcom

2010-01-18

Abertas as candidaturas para a 5ª fase do Modcom

A 5ª fase do programa Modcom, cujas candidaturas decorrem até 12 de Março, disponibilizará 20 milhões de euros de apoios a fundo perdido para projectos de modernização do comércio tradicional e apostará, nesta edição, na rapidez de execução.


Retail Manager na loja Marc by Marc Jacobs em Lisboa

2009-10-27

Retail Manager na loja Marc by Marc Jacobs em Lisboa

A Marc by Marc Jacobs inaugurou no passado dia 14 Outubro a sua primeira loja lisboeta, localizada no Largo de São Carlos.


CPI Retail e QlikTech parceiros em tecnologia inovadora de BI

2009-07-15

CPI Retail e QlikTech parceiros em tecnologia inovadora de BI

Uma parceria inovadora. Assim se pode caracterizar a iniciativa conjunta estabelecida entre a CPI Retail e a CPI Consulting com a QlikTech para o desenvolvimento da oferta em Portugal de soluções integradas de Business Intelligence (BI).


Retail Manager FrontOffice integra sistema de pagamentos da ServiRed em Espanha

2009-04-08

Retail Manager FrontOffice integra sistema de pagamentos da ServiRed em Espanha

O software Retail Manager FrontOffice, solução para o mercado de retalho de moda, lar e lazer, desenvolvido pela CPI Retail, integrou o sistema de pagamentos electrónicos por cartão magnético e chipcard da ServiRed.


AENA atribui certificação a Retail Manager

2009-04-08

AENA atribui certificação a Retail Manager

A AENA (Aeropuertos Españoles y Navegación Aérea) atribuiu o certificado de adequação ao software Retail Manager FrontOffice para os terminais de ponto de venda (POS).


Retail Manager FrontOffice obtém certificação da SIBS em Portugal

IBM Southwest atribui Business Partner Award a CPI Retail

Business Intelligence


       2021 (c) CPI - Consulting
Desenvolvido por: citricweb.pt